Primeiros passos para o violão

Antes de começar esta postagem, preciso dizer uma coisa para você:

Estou orgulhoso!

Violão

Não é fácil você partir para um mundo onde não tem nenhum conhecimento. O mundo da música é acolhedor e pode lhe trazer diversos benefícios.

Aprender gradativamente como tocar violão é algo inimaginavelmente positivo para a sua existência. Ao conseguir aprender, em momentos de aprendizado ou entretenimento, você poderá usar toda sua experiência de maneira diferenciada.

Considerando que este blog fala mais especificamente dos benefícios que a música pode trazer para a nossa vivência, formular um conjunto de dicas para começar a tocar violão torna-se primordial. Vamos lá!?

Aprendendo a tocar violão

Conseguir tocar sua primeira nota no violão será incrível. Quando você entender como funciona a melodia e o jeito de tocar, você vai tratar o instrumento como se fosse um verdadeiro irmão.

Felizmente, o violão é um dos instrumentos mais acessíveis do mundo. No mundo das compras, você pode encontrar um em praticamente qualquer lugar que venda de tudo um pouco. Na parte do aprendizado, não são poucos os vídeos se blogs (como o nosso) que podem te proporcionar uma verdadeira luz no assunto.

Para as pessoas que já possuem uma rotina de ouvir músicas mais bem-feitas com instrumentos diversos, só te pelo uma coisa: compre o violão primeiro. Digo isso uma vez que é completamente natural você sentir vontade de obter outro instrumento, assim como a guitarra ou o piano.

Começando a aprender

Antes de mais nada, é importante você entender as partes principais do instrumento que irá utilizar. Ele pode ser dividido em 5 partes:

  • Corpo;
  • Braço;
  • Traste;
  • Casa;
  • Tarraxa.

Pegue essas palavras que as jogue individualmente no Google. Sem precisar de nenhuma explicação, você já vai perceber qual é o lugar certo de cada nome.

Segure o violão corretamente

Procure sempre sentar o mais reto que possível na cadeira, colocando o corpo do violão sempre em sua perna direita. No caso dos canhotos, isso pode ser feito completamente ao contrário. Neste caso, o mais importante é você encaixar o violão na sua perna.

Logo em seguida, procure repousar o seu braço dominante no corpo principal do violão. O braço auxiliar ficará responsável em segurar o braço do violão.

O braço dominante ficará responsável por ditar o ritmo da música junto a suas batidas. O esquerdo por sua vez ficará na parte de criação das notas.

Ajustando a posição auxiliar

Para ficar mais simples na sua cabeça, imagine que você está segurando um pedaço de madeira sujo. Sei que parece ridícula essa comparação, mas você já reparou o jeito? Cuidado e geralmente pegando com o dedão embaixo do corpo do objeto. No violão, este conceito não muda.

O polegar deverá ficar sempre atrás do braço, mantendo o resto dos seus dedos o mais curvado possível frente ao braço do seu instrumento. Viu só? Não é difícil. Quando estiver sozinho em casa, tente tocar bastante tempo. Sei que dificilmente vai sair uma melodia aceitável, mas é desta forma que você vai conhecendo um pouco mais da sua aquisição.

Esta entrada foi publicada em Aprendendo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *